Contos, crônicas e outras coisas

Por que escrevo, afinal?

escritor

“Nunca conheci quem tivesse levado porrada. / Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo.” Álvaro de Campos, em Poema em linha reta

Não escolhi ser escritor para ajudar ninguém, mas para salvar a mim mesmo. Se o que escrevo ajuda, conforta, incentiva ou apenas distrai quem lê e quem lê me retorna com sua experiência, sinto-me grato, mas como um palhaço que lida com os aplausos e risos da plateia. Escrevo para um único objetivo: manter-me lúcido. Sim, lúcido. Desde criança, precisei inventar histórias, um mundo, amores, amigos para me manter lúcido. Olhe o mundo à sua volta e me responda se não estou certo. Como disse Renato Russo, “solidão já vi pior, de endoidecer gente sã”.

Aprendi a conviver com o mundo através de palavras. Sim, através eu disse. As palavras são um meio físico para mim. São tangíveis, porosas, duras, rústicas. Na frase, na oração, na sintaxe eu as dobro, convenço ao inominável, tornam-se moças de fino trato, muito embora eu continue sem dinheiro na mão. Se escrevo sobre o tempo, o clima, a pressão e as demais condições ideais de ebulição de um coração desenhado na mão, sou eu quem arde no fogo; meu leitor apenas observa o espetáculo e atira moedas conforme o gosto.

É tudo inventado, eu queria dizer. É tudo inventado, afirmam muitos, como se descobrissem um truque no cadafalso em que me penduro. Mas não há truques e o pescoço com hematomas e vértebras quebradas é sempre o meu. Maldição, gritam ao me ver ressurgir. A maldição maia não ocorreu, ficou perdida em algum calendário de carnavais passados, mas o encanto! Ah, o encanto maia me domina a alma.

Enfim, este texto reabre este blog como o repositório de meus ensaios. O novo blog (pequenosdramas.wordpress.com) ficará com minha ficção, com meus poemas e prosas poéticas. Sejam bem-vindos de volta. Quem é de casa já sabe: aqui volto a dar pitaco em tudo e, como sempre, estarei completamente certo.

1 thought on “Por que escrevo, afinal?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *